sábado, 5 de janeiro de 2013

Olhando pra dentro



Ando solta. Soltando frases poéticas aos ventos bem atentos. Ando louca. Loucamente apaixonada pela geografia, pelos diferentes coretos presentes nos quatro cantos de um mundo que não é pequeno. Ando as vezes cambaleante, chorosa, bipolar... Ando clichê, feito cereja de bolo. Só não ando pra trás, nem pra frente com pressa demais... Só não corro e nem vôo porque isso é pra quem tem sede de acontecimentos, e eu só tenho de amor. Apenas ando, sem filosofias pedantes... O simples transpassar de peso entre um membro e outro... Simples, natural e constante.

3 comentários:

Caroline disse...

Seus textos cada dia melhores. Incrível esse!

Caroline disse...

Seus textos só melhoram.
Incrível esse!

Juliana Poiares disse...

Carol linda, quanta saudade! Que bom voltar e te encontrar por aqui...

:)