terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Anahi, Dulce e Eu

·      
  

    1) Este texto não fará muito sentido para completos desentendidos de Dulce e Anahi, mas farei o possível pra ser o mais sucinta possível. Mas logo adianto que as metáforas serão inevitáveis. 
2) O objetivo, em momento algum, é inferiorizar nenhuma das meninas, então Dulcetes e Anymaníacos antes de me chingarem, por favor, leiam as entrelinhas. 
3) Desculpem-me pela pobreza das palavras, essa não foi mais uma das minhas epifanias e sim um apaziguamento forçado de espírito.
           

~*~*

   Estes tempos de Natal, fim de ano e nostalgia vem me remetendo a várias esferas da minha própria vida e, logo, me levando a reflexão. Doce, suave e boa reflexão. Andei assistindo com mais critério e menos euforia o DVD Live in Rio e percebi que apesar da minha preferência pela Anahi ser declarada e registrada, eu sou toda Dulce, da cabeça aos pés.

   A Anahi possui essa personalidade efusiva; tem facilidade de dominar o público, canta mais alto do que os parceiros de palco para chamar a atenção e faz caras e bocas sem medo para os fotógrafos porque sabe que não vai sair feia. Ela tem a estrela, naturalmente, as gafes são cometidas com tanta personalidade que a mídia até perdoa. Ela coloca qualquer pedaço de pano vulgar no corpo e usa qualquer plataforma 1990 e fica bom, é quase mágica. É a princesinha da Televisa e recebe sempre - muitas vezes sem merecer genuinamente – várias boas oportunidades. Essa é a Anahi, nascida com uma voz linda, um cabelo lindo, olhos lindos, e uma facilidade de conseguir tudo o que quer que faz até parecer cair do céu. Toda sua vida sempre muito cercada de olhos, flashes e glamour. Uma verdadeira diva possuidora de todo o talento.

   Enquanto isso no mundo real e humano temos a Dulce Maria, também muito linda e talentosa, mas que apesar de possuir o mesmo acesso a todos os profissionais de beleza, canto e moda que a Anahi, não possui – categoricamente - um cabelo tão bonito quanto, não fica tão bem dentro das roupas e não sai tão absurdamente linda nas fotos. Apesar de ter uma técnica vocal infinitamente melhor - sim, ela tem, eu consultei profissionais - do que a da Anahi, infelizmente possui um timbre um tanto quanto enjoativo, o que acaba ofuscando a técnica e o profissionalismo impecável da ex-ruiva.

   Isso tudo parece um tanto quanto desleal, como a Dulce rélis mortal poderia competir com o furacão Anahi? Como isso pode ser possível? Ju, está claro que a Anahi está em outro patamar, outro nível... NÃO! A minha grande descoberta foi: NÃO EXISTE COMPETIÇÃO! A Anahi não é melhor do que a Dulce só porque nasceu em condições mais favoráveis, se vocês repararem, nada disso impediu que a Dulce tivesse tanto quanto ou até mais admiradores do que a Anahi. 

   O que eu quero dizer é que muitas vezes a gente se deturpa tentando alcançar níveis improváveis de padrões imaginários, quando a nossa personalidade e peculiaridade é que nos faz importantes, amados e respeitados. Eu sempre corri atrás de ser como a Anahi, ter o mesmo carisma, a mesma persuasão, A MESMA FOTOGENIA. Quando pra mim, essa realidade se dá de uma forma distinta. É diferente da minha natureza. Eu sou como a Dulce, posso não ter nenhum título de Miss, nenhum dom inato de crescer os olhos, mas eu nasci com a força de fazer acontecer toda a graça na minha vida. De fazer acontecer tudo o que eu quiser que aconteça, ainda que as condições não sejam favoráveis, elas não precisam ser, eu posso ir e fazer do mesmo jeito, porque vai funcionar. Eu sou essa pessoa desafortunada que faz chapinha para ir a Igreja na esquina de casa e chega na Missa com o cabelo bagunçado e a maquiagem derretendo. Não tem a garota que enfia o pé na poça d’agua e chega ao shopping toda destruída? Então, eu sou ela! E isso é engraçado, sei lá, eu me divirto comigo mesma, sabe? E é tão libertador você simplesmente se orgulhar de quem você é, sem querer ser nada além daquilo.

    Muitas garotas se perdem tentando ser como as outras, algum infortúnio ou confusão mental faz com que elas se julguem inferiores, quando na verdade todas têm a mesma capacidade de alcançarem seus objetivos, no entanto, apresentam formas diferentes de fazê-lo. Eu lamento por não ter me espelhado na Dulce tanto quanto me espelhei na Anahi, eu teria conseguido atingir muitos outros objetivos que eu deixei pelo caminho porque achei que jamais poderia alcançá-los. Ferrei minha auto-estima durante anos achando que existia algo de errado comigo, achando que eu nunca chegaria lá, quando na verdade eu só estava fazendo do jeito errado. 

   CARA, E EM 2012 EU SÓ QUERO GRITAR ISSO PRA TODO MUNDO OUVIR; OI, EU SOU JULIANA, TENHO 18 ANOS, 1 METRO E 50 CENTÍMETROS DE ALTURA, ESTOU HÁ UNS 4 ANOS COM APARELHO PORQUE NUNCA TIVE SORTE COM DENTISTAS E MEUS DENTES SE RECUSAM A IR PRO LUGAR... NUNCA VOU SER MISS, NUNCA VOU SAIR NUMA CAPA DE REVISTA PORQUE EU SOU O SER HUMANO MENOS FOTOGÊNICO DA TERRA, NUNCA VOU SER ESCOLHIDA PRO BIG BROTHER E PROVAVELMENTE VOU ENGORDAR UNS 30 KG QUANDO EU ENGRAVIDAR... MAS E DAÍ? QUANDO EU LAVO O CARRO E COMEÇA A CHOVER EM SEGUIDA EU COMEÇO A RIR DE MIM! É MUITO LEGAL SER EU!!!! EU NUNCA PERDI NADA... TENHO DEUS, FAMÍLIA, AMIGOS, E UM NAMORADO QUE ME PEDE EM CASAMENTO TODOS OS DIAS. MINHA VIDA É PERFEITA! 

  Enfim, continuarei admirando a Anahi, mas agora de uma forma mais madura, sabendo que admiro alguém diferente de mim. Admirando alguém que eu sei que eu não poderia ser igual, mas poderia sim ser tão especial quanto, como a Dulce é. Sem mais.



Ufa! Feliz 2012 pra vocês, viu? 

9 comentários:

Renata Cundari disse...

Acho que era tudo que eu precisava ler pra fechar meu 2011 com chave de ouro.

e um grito para a liberdade de SERMOS NÓS MESMAS!

tá certissima, e tem é mais que assumir tudo o que é com a certeza de que é linda e feliz, independente dos outros o/

linda goiabinha '-'

Juliana Poiares disse...

Tudo que precisamos é nos libertar das correntes que nós mesmos criamos. Depois de conseguir fazer isso, o que os outros pensam se torna apenas um detalhe.

Um brinde - a distância - por este 2012 cheio de expectativas e amadurecimento. Mal posso esperar.


Re linda! s2

Leonar Radot disse...

Sim, desconheço Anahi e Dulce. Mas creio que a postagem foi suficientemente esclarecedora e pude identificar suas personalidades.

A graça está em viver de acordo com as próprias possibilidades, um grito a liberdade de fazer o que se sabe e da forma que se sabe e não de acordo com os medíocres ideias e padrões.

A vida é demasiadamente curta para se perder tentando fazer algo que não se nasceu para fazer, ou ainda tentando viver a sombra de outro ser.

Em fim, mais uma ótima postagem e como disse Renata Cundari, era tudo que eu precisava ler para fechar 2011 com chave de ouro.

Caroline disse...

Já eu, sempre fui muito mais a Maite, que não precisa se esforçar para ser reconhecida, embora não chamasse tanta atenção quanto as outras, mas sempre achei que ela brilhava mais. Ela e a simplicidade dela. Acho linda!
Mas é bem isso o que disse. Cada uma tem um brilho e a capacidade de conseguir o que quer, mas de maneiras diferentes. Que possamos ser nós mesmas, sem restrições!
Adorei!

Juliana Poiares disse...

Que possamos ser nós mesmas, sem restrições! +1


Obrigada meus amores pela gentileza de estarem sempre aqui comigo. É muito importante pra mim, de verdade.

Feliz 2012.


obs: E sim Carol, a Mai é uma linda também *.*

Carol Melo disse...

Talvez nada que eu tenha lido em todos os meus anos de livros e internet tenha me feito tão bem! eu só preciso aprender a praticar!



amei mesmo amiga!

Loucos por Anahi disse...

nossa eu amo a anahi , quando soube dessa rivalidade entre as duas sei, passei a odiar a dulce não sei explicar.....

Loucos por Anahi disse...

eu amo a anahi, quando soube da rivalidade dela com dulce, eu passei a odiar a dulce nao sei explicar.....

Loucos por Anahi disse...

eu amo a anahi, quando soube da rivalidade dela com dulce eu passei a odiar a dulce não sei explicar....